A pandemia esgotará a nossa criatividade?

A pandemia esgotará a nossa criatividade? por Daniel Aguado

Infelizmente, estamos completando um ano dessa pandemia e mais de 255 mil mortes por Covid-19 no Brasil. Dados alarmantes e que nos projetam para um futuro bastante incerto, em especial, mediante a tamanha irresponsabilidade das autoridades e de parte da população brasileira. Outra característica desse longo processo é reconhecermos uma exaustão generalizada das pessoas, tanto sob o ponto de vista pessoal, quanto sob o ponto de vista profissional. Por isso, o título desse artigo é uma provocação. Afinal, o que restará da nossa capacidade criativa após esse duro período?

Nesse momento, a sensação ao acompanhar tudo o que está sendo lançado na publicidade é uma cópia feita remotamente de coisas do passado. Tudo parece requentado, com pouca diferenciação e baixa capacidade de engajamento dos consumidores. Há um ano que não somos impactados por uma campanha publicitária marcante e capaz de despertar o nosso interesse em pesquisar mais sobre determinada marca, produto, agência ou profissionais envolvidos.

Para onde o trabalho de marketing e comunicação será levado quando essa pandemia terminar? Será que teremos fôlego para uma retomada criativa, irreverente e, acima de tudo, eficiente para os negócios? Tudo o que tenho lido e acompanhado pelos meios especializados, nos aponta para um caminho mais pragmático e orientado aos resultados de curto prazo. Como e aonde o encantamento do consumidor voltará a ter relevância?

Como profissional de marketing e convidado do Marcas pelo Mundo, acredito que seja muito necessário compartilhar com vocês essas provocações. Seguramente, ainda estamos atravessando um período muito difícil, mas ele passará e, em breve, a publicidade terá um papel essencial na retomada da nossa economia. Além disso, as marcas poderão assumir um importante papel na recuperação da esperança por dias melhores, criando um contexto mais positivo, solidário e favorável aos consumidores. Agora, nos resta manter todos as medidas de segurança necessárias de prevenção e contar com vocês nessa esperançosa retomada!

 

Por: Daniel Aguado – Diretor de Marketing do Poliedro Educação

LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/daniel-aguado-1b7b229/

 

Leia outros artigos de Daniel Aguado:

Clubhouse e o status social

BBB21: a arriscada exposição para os anunciantes

Merchandising sem Faustão?

Growth Marketing: a nova expressão da moda

https://marcaspelomundo.com.br/destaques/sai-ford-entra-tesla/

Imagem de Katie White por Pixabay - Desenvolva a empregabilidade

Desenvolva a sua empregabilidade

Os impactos econômicos causados por essa pandemia serão sentidos ao longo de muitos anos. Alguns setores da economia indicam previsões para uma recuperação, ainda que