Clubhouse e o status social

Clubhouse e o status social. Artigo de Daniel Aguado

Atualmente, uma das marcas mais desejadas por um seleto grupo de consumidores no mundo, não produz bolsas exclusivas, carros de luxo ou qualquer outro bem material possível de ser ostentado publicamente. Essa nova e desejada grife chama-se Clubhouse, uma rede social só de áudios e exclusiva para os donos de Iphone (IOS). Lançada em abril (…)

OOH 2.0? Temos!

Paulo Moura (Paulinho) da Três Meios - Mídia OOH

Com todos os desafios que estamos passando em tempos de pandemia, a mídia out of home ou mídia exterior teve que se reinventar, assim como todos os segmentos e setores. Mas, o que nem todo mundo sabe é que este tipo de mídia já vem em uma curva ascendente há muitos anos. A mídia OOH (…)

O Privacy by Design como ferramenta de adequação à LGPD

O Privacy by Design como ferramenta de adequação à LGPD, por Mônica Villani

Não obstante a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei Federal n° 13.709/2018) ter passado mais de 2 anos em período de vacância, o desafio das empresas de se adequarem à LGPD ainda é latente, sejam elas controladoras (tomadoras de decisão) ou operadoras dos tratamentos de dados. A fim de evitar a judicialização de casos (…)

BBB21: a arriscada exposição para os anunciantes

BBB21: a arriscada exposição para os anunciantes

É um fato: polêmica aumenta a audiência. Partindo dessa premissa, a TV Globo está conduzindo com maestria a atual edição do seu reality show, o Big Brother Brasil. Desde a sua estreia do BBB21, o programa tem sido destaque nos principais meios de comunicação do país e, regularmente, tem sido um dos temas mais comentados (…)

Propósito e diálogo com consumidor são fundamentais para marcas superarem incertezas e evoluírem em 2021

Propósito e diálogo com consumidor são fundamentais para marcas superarem incertezas e evoluírem em 2021, por Guilherme Evans - Crédito da foto: Ricardo Maizza

Os momentos de crises e incertezas trazem mudanças permanentes para a sociedade. Em 2020, a pandemia testou os consumidores e as empresas em um ambiente que se transformou rapidamente. O último ano provou que as organizações precisam criar um diálogo maior com seus clientes e ter as necessidades deles no centro de suas ações.   (…)

Merchandising sem Faustão?

Merchandising sem Faustão? Artigo de Daniel Aguado

Ao anunciar a sua saída da Rede Globo, o apresentador Fausto Silva coloca um ponto final num dos programas de maior sucesso comercial da televisão brasileira. Ao longo de mais de 30 anos no ar, a atração dominical tornou-se uma poderosa ferramenta de marketing para centenas de privilegiadas marcas que, em busca de prestígio e (…)

Tendências de social media para 2021, por Tiago Ribeiro

Tendências de social media para 2021 por Tiago Ribeiro

As plataformas digitais são parte integrante da vida e da rotina diária da maioria das pessoas. Os profissionais de marketing e empresas estão cada vez mais preocupados em realizar um trabalho de excelência no mundo digital, que se destaque da concorrência, chame a atenção do consumidor, tenha uma boa performance e contribua para aumento de (…)

Growth Marketing: a nova expressão da moda

Growth Marketing, a nova expressão da moda - por Daniel Aguado

Com mais de 20 anos de experiência no mercado de trabalho, uma coisa eu posso garantir aos leitores do Marcas Pelo Mundo: sempre atuei para alavancar os resultados de marketing e de vendas das marcas que tenho representado. Partindo desse princípio, admito olhar com certa estranheza alguns colegas da área, incluindo em seus cargos nas (…)

A lapidação de um posicionamento e o surgimento de uma nova marca

A lapidação de um posicionamento e o surgimento de uma nova marca, por Mariana Marchi

Pouco antes de vivermos uma pandemia, tomei uma decisão que dava indícios de que eu embarcaria em algo inédito. Depois de quase 15 anos em empresas multinacionais, cheguei à minha nova casa profissional, uma startup então chamada Acesso Digital, me juntando à CMO Gabriela Onofre. O primeiro desafio foi montar um time de marketing quase (…)

Sua organização está preparada para atacar 2021?

Sua organização está preparada para atacar 2021? Artigo de Fabio Caim

Para várias empresas o ano 2020 foi da virada, pois tiveram que transformar suas atividades de parcialmente digitais, para quase que totalmente digitais. Projetos de digitalização foram adiantados em meses, para dar conta da pandemia com suas restrições e, obviamente, para que as organizações não naufragassem em um ambiente tão hostil. Todavia, nem todas as (…)