Arquivos de Tag: Daniel Aguado

Cuidado com o excesso de publicidade no currículo

Carlos Alberto Decotelli da Silva - Ministro da Educação - Currículo

Com alguns anos de experiência em gestão de pessoas e tendo conduzido alguns processos de seleção para as equipes que tenho liderado; pessoalmente, considero normal que alguns candidatos tentem valorizar um pouco mais as entregas realizadas. Especialmente, quando falamos de iniciativas que envolvam grandes investimentos publicitários, alcance massivo, entre outros exemplos comuns ao universo do (…)

Diversidade além do slogan

Orgulho LGBT - Delta_Airlines

Em junho, o mundo celebra o mês do orgulho LGBTQIA+ ou, simplesmente, o mês da diversidade. Datas assim são importantes para lembrarmos quantas pessoas ainda precisam de voz na sociedade, igualdade de condições no mercado de trabalho e, acima de tudo, respeito. No entanto, por que ainda parece um tabu para as marcas falarem em (…)

A nova experiência do consumidor no varejo presencial

Varejo - pandemia

Medir a temperatura, usar máscaras, reduzir a capacidade de atendimento, restringir o uso dos provadores e disponibilizar álcool em gel na entrada do ponto de venda. Essas e inúmeras outras medidas são obrigatórias para o varejo retomar, ainda que parcialmente, as atividades presenciais do comércio em meio a essa pandemia. Nesse contexto tão cheio de (…)

Como as marcas e os profissionais de marketing devem reagir?

Como as marcas e os profissionais de marketing devem reagir? por Daniel Aguado

George Floyd, Miguel Otávio Santana da Silva, João Pedro Matos. Violência contra a mulher, homofobia, assédio, gordofobia. Qual será o papel das marcas e dos profissionais de marketing num contexto tão desumano como esse? Em certa parte, acredito que a publicidade até tenha contribuído um pouco com esse cenário ao exibir famílias brancas e harmoniosas (…)

Patrocínios às fakenews, declarações desastrosas e pouca empatia com a população. Como as marcas resistirão a isso?

Patrocínio FakeNews - Cancelaço Smart Fit

Seguramente, algumas empresas não poderão atribuir à pandemia do novo coronavírus o fracasso das suas marcas. É difícil de acreditar que em 2020, alguns bem sucedidos empresários ainda coloquem em risco seus impérios por falta de compostura pública, verborragia sem controle e, certamente, uma boa dose de falta de senso crítico e preparo para gerir (…)

As transformações positivas dessa pandemia

Imagem Educação

Não há qualquer dúvida sobre os impactos devastadores da pandemia do novo coronavírus no Brasil e no Mundo. Além das milhares de vidas perdidas, os problemas econômicos e as desigualdades sociais se agravaram ainda mais. É um fato! No entanto, temos que buscar um respiro em meio há tantos problemas e destacar os aprendizados positivos (…)

As marcas e as lives

As marcas e as Lives - Rosa do Roberto Carlos

Certamente, um dos segmentos econômicos mais afetados por essa pandemia foi o do entretenimento ao vivo. De uma hora para a outra, teatros, cinemas, casas de shows e afins tiveram suas atividades abruptamente encerradas. Isso não é o mais dramático. É bem provável que esse também seja um dos últimos segmentos da economia a retomarem (…)

O Fim das Más Influências Digitais?

Gabriela Pugliesi

Nos últimos dias o nome da influenciadora digital Gabriela Pugliesi andou dominando os meios de comunicação e, dessa vez, nenhuma marca se interessou por patrocinar as postagens. O fato é que a expressão digital influencer é demasiadamente pretensiosa nos dias de hoje e, em geral, parte do princípio de que uma personalidade possa exercer uma (…)

Qual o real valor de uma marca?

CVS - Cesta Básica - Marca

Nos últimos dias, o vídeo postado por uma dona de casa – https://www.youtube.com/watch?v=CqJm-aPJUJE – sobre a cesta básica recebida da prefeitura como parte das ações para mitigar os efeitos da pandemia do novo coronavírus tem causado bastante polêmica entre as pessoas. Aqui, não vamos abordar se o argumento dessa senhora é válido ou não. Vamos falar (…)

A Culpa é da Globo

Globo

Caso você seja um profissional de comunicação ou marketing e acredita na afirmação acima, por favor, não leia esse artigo. Certamente, não encontrará eco nessa afirmação fantasiosa. No entanto, não é de hoje que a TV Globo transita num ambiente contraditório na mente dos consumidores, flutuando entre aqueles que a amam e aqueles que a (…)