Transforme sua marca num SUV

Como manter o engajamento dos consumidores com as marcas - SUV

Para quem gosta ou trabalha para o segmento automotivo, o título desse artigo vai fazer muito sentido. Afinal, os veículos SUV assumiram um protagonismo enorme nas vendas de automóveis e desbancaram, inclusive, as linhas de produtos mais acessíveis. Nos dias de hoje, o sonho de todo consumidor é andar num ‘jipe’ sem capacidade off-road.

Parece uma simples mudança no comportamento do consumidor, mas transformou complemente o segmento automotivo no Brasil e no mundo. E, por isso, é importante que todos os profissionais de marketing e comunicação observem esse processo. O exemplo vem dos carros, mas pode ser aplicado aos mais variados tipos de bens de consumo e serviços: o consumidor define as regras dos jogo e as marcas precisam de inteligência para se adaptarem com rapidez aos novos tempos.

A regra parece simples, no entanto, algumas marcas e profissionais ainda demoram a aceitar que o processo de transformação no comportamento dos consumidores está cada vez mais curto. Até poucos tempo atrás, a Fiat liderava o mercado brasileiro de vendas de automóveis de passeio e, atualmente, amarga um terceiro lugar seguindo suas rivais Chevrolet e Volkswagen. Outro exemplo vem do mercado financeiro, a MasterCard, após longos anos na vice-liderança do mercado, assumiu o posto dominado pela concorrente Visa. São muitos exemplos recentes e, em comum, um comportamento das marcas e seus respectivos profissionais: acreditaram que a liderança era algo estabelecido por eles e não por seus clientes.

Manter o engajamento dos consumidores com as marcas é um desafio constante e que envolve o desenvolvimento de inúmeras atividades, incluindo uma boa estratégia de preço, comunicação, qualidade, atendimento, distribuição, entre outros. Além disso, é preciso ter uma capacidade contínua de olhar para o futuro, acompanhar as novas tendências e os desejos dos consumidores. E, lembrem-se: o seu cliente não deixará uma mensagem no ‘fale conosco’ com a respectiva lista de desejos futuros. É preciso pesquisar, testar, arriscar e acreditar.

Seguramente, os SUVs são os grandes objetos de desejo desse momento e é bem provável que as marcas mais atentas às aspirações dos seus clientes já devem estar trabalhando no próximo segmento de desejo. Afinal, se a sua marca só estiver pronta para lançar um SUV em dois anos, possivelmente, encontrará um mercado sedento por esportivos conversíveis. Enfim, o consumidor é assim mesmo: muda de ideia a todo tempo!

Por:

Por: Daniel Aguado – Diretor de Marketing do Poliedro Educação

LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/daniel-aguado-1b7b229/

 

Leia outros artigos de Daniel Aguado:

https://marcaspelomundo.com.br/destaques/o-dilema-das-concorrencias/

https://marcaspelomundo.com.br/destaques/a-evolucao-da-bancada-masculina/

https://marcaspelomundo.com.br/destaques/a-nova-crise-de-credibilidade-do-facebook/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *