APRO e Setor audiovisual! Confira entrevista sobre os efeitos da crise na vida das produtoras

APRO -Entrevista Elisangela Peres e Marianna Souza

O setor audiovisual está atento: Enquanto ficar em casa é a recomendação para evitar o contágio do novo coronavírus, a APRO, Associação brasileira de produção de obras visuais, se movimenta para mitigar os efeitos da crise no setor. Em entrevista para o Marcas Pelo Mundo,  Marianna Souza, presidente da associação, fala sobre os desafios:

“O decreto do dia 17 de março da prefeitura de São Paulo, que suspendeu os alvarás de filmagens em locações públicas foi um grande divisor de águas” afirma a executiva. “Desde então a APRO junto com outras associações, promove uma série de iniciativas visando mitigar os efeitos dessa crise na vida das produtoras”, completa.

Marianna mostra preocupação com o cenário econômico das produtoras, que já enfrentava desafios, um deles por conta dos prazos de pagamento. A APRO e outras associações estão elaborando um plano de contingência para os próximos meses:

“Estamos vivendo esse momento de preocupação, de como essa indústria vai se manter ao longo desse período. A outra grande questão é em relação ao fluxo de caixa das produtoras.”, diz Marianna.

A executiva também ressaltou a importância das marcas se posicionarem nesse momento.

“As marcas têm um papel importantíssimo nesse contexto, de construir conteúdo relevante para as pessoas. É um momento delicado, demanda cautela, mas também é de grande oportunidade. A gente nunca teve uma audiência desse tamanho, consumindo conteúdo audiovisual por tantas telas”. afirma.

 

Confira a entrevista:

http://apro.org.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 3 =