Desenvolva a sua empregabilidade

Imagem de Katie White por Pixabay - Desenvolva a empregabilidade

Os impactos econômicos causados por essa pandemia serão sentidos ao longo de muitos anos. Alguns setores da economia indicam previsões para uma recuperação, ainda que parcial, apenas a partir de 2022. Isso significa que enfrentaremos mais desafios sociais, em especial, no mercado formal de trabalho. Tais impactos afetam diretamente aos profissionais de marketing e comunicação, pois sem uma economia saudável e consumidores ativos, muitas dessas disciplinas ficarão restritas à geração de demanda e às possíveis contingências geradas pela crise.

Por outro lado, acredito que é uma oportunidade para os profissionais de marketing se reinventarem, em especial, aqueles que ainda estavam vivendo num mundo estável e repleto de fórmulas prontas. O que fazíamos há seis meses pode não fazer mais sentido ou, no melhor cenário, precisará ser atualizado. E, essa mudança, requer uma profunda revisão das nossas habilidades e comportamentos.

Haverá espaço para profissionais pouco resilientes? Ser um(a) profissional hands-on será diferencial? Empenhar tempo e energia em atividades que só geram autopromoção fará sentido aos empregadores? Enfim, muitos questionamentos exigem uma pausa e uma ampla reflexão individual. O fato é que o mercado, infelizmente, está com muitos e bons profissionais disponíveis e, para as empresas, isso pode ser uma oportunidade para fechar gaps identificados nessa crise ou a simples necessidade de buscar novos ares e conceitos.

Pessoalmente, acredito que seja um excelente momento para estudar mais, conhecer culturas e opiniões diferentes, entender os impactos da ampla diversidade nas sociedades e no consumo, dentre tantas outras coisas. Eu, por exemplo, passei a escrever mais, incentivado pela colega Elisangela Peres, do Marcas pelo Mundo.

Chegou a hora de abandonar definitivamente a ‘síndrome de Gabriela’ (eu nasci assim, eu cresci assim vou ser sempre assim), caso ainda a tenha em seu DNA. O momento é de transformação e abertura ao novo. Não existe ‘novo normal’. O normal está posto e diante dos nossos olhos. Por isso, os profissionais de marketing e comunicação que ainda estão presos às amarras e (pré)conceitos do passado não parecem fazer mais sentido às marcas do futuro.

O mais incrível de tudo isso é que desenvolver a empregabilidade está totalmente em nossas mãos. Não é possível terceirizar. Você pode buscar ajuda para encontrar algumas respostas, mas a atitude de mudar está dentro de cada um. Isolamento social é cuidado e não uma sentença para ficar estagnado no tempo. Mexa-se!

Por: Daniel Aguado – Diretor de Marketing do Poliedro Educação

LinkedIn: https://www.linkedin.com/in/daniel-aguado-1b7b229/

 

Leia outros artigos de Daniel Aguado:

https://marcaspelomundo.com.br/destaques/por-que-precisamos-falar-sobre-a-natura/

https://marcaspelomundo.com.br/destaques/transforme-sua-marca-num-suv/

https://marcaspelomundo.com.br/destaques/o-dilema-das-concorrencias/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *