Momento Cannes Lions 2022 -“As favelas são as startups de criatividade do Brasil”, Eco Moliterno

No Festival de Criatividade Cannes Lions 2022, o Marcas pelo Mundo conversou com Eco Moliterno, CCO da Accenture Interactive.

Nos corredores do Palais des Festival, durante o Festival Internacional de Criatividade Cannes Lions 2022, o Marcas pelo Mundo conversou com Eco Moliterno, CCO da Accenture Interactive. O criativo fala, entre os assuntos, sobre a participação de Edu Lyra como palestrante do festival. Assista!

Eco Moliterno comentou sobre a participação da Accenture Interactive no maior Festival de criatividade do mundo, e exaltou a participação de Edu Lyra, da Gerando Falcões, que foi apresentado nesta edição: “É muito bom ver o Festival de volta e a gente de volta ao Festival. Para nós, foi muito bacana a nossa presença aqui, e eu tive a honra de participar de dois painéis muito legais. O grande momento para nós foi poder trazer para o Festival, pela primeira vez, o Edu Lyra, da Gerando Falcões, uma das maiores ONGs do Brasil, focada em ajudar as pessoas da favela, e ele veio contar essa história aqui. Eu pude apresentá-lo em um espaço chamado Secret Speaker, e quando ele entrou foi um sucesso, porque é uma história muito incrível de superação e de como ele virou um líder, principalmente durante a pandemia, onde quem mora na favela foi ainda mais afetado pela Covid do que nós. Após essa semana bastante intensa, eu acho que só tenho a agradecer pelos espaços que tive, por poder rever meus amigos de profissão e também por voltar para esse espaço incrível, onde pudemos parar e pensar em nossa profissão, debater e projetar o futuro”.

Sobre o tema que a parceria com a Gerando Falcões trouxe, o criativo ainda comentou: “As marcas começam a olhar para a favela com um olhar mais curioso, não só com um olhar assistencialista, de atrair os talentos da favela, porque inegavelmente as favelas são as startups de criatividade do Brasil. Muito do que exportamos ao mundo se originou de lá. Precisamos começar a olhar para a favela de outra forma, para enaltecer tudo de bom que vem de lá. Temos um trabalho de mudar essa percepção, e as marcas estão começando a olhar para isso tudo. A parceria da Accenture com a Gerando Falcões visa exatamente fortalecer isso tudo”.

Já sobre os tópicos mais marcantes para a Accenture Interactive durante o evento, Eco destacou a relevância das marcas, assim como a busca e concorrências por captações de talentos: “Nesse painel que eu participei, acho que a palavra que ficou foi relevância. Como você continua sendo relevante em um mundo que continua mudando tão rápido? Como você continua com essa conexão com o consumidor, que no fim das contas é quem manda nesse processo entre marcas e pessoas? Falamos muito de talentos também, de como atraímos esses talentos para essa indústria, em meio a tanta concorrência. E finalmente, um ponto muito importante foi o como evoluímos de criativos a criadores. Afinal, precisamos criar espaços para atrair as pessoas, utilizando as ferramentas existentes para criar ambientes melhores e mais eficientes”.

A cobertura tem o apoio de LG Electronics do Brasil, Três Meios, especializada em planejamento e gestão de mídia OOH e E-Content Lab, um laboratório de conteúdo digital que atua como agência e produtora.

Leia mais notícias:

https://marcaspelomundo.com.br/destaques/momento-cannes-lions-2022-quem-sobe-no-palco-nao-vivencia-a-diversidade-dos-cases-heitor-caetano/

https://marcaspelomundo.com.br/