Entrevista com Washington Olivetto – “O Brasil pilotou, até agora, esplendidamente mal a pandemia”

Washington Olivetto

Elisangela Peres entrevista um dos publicitários mais renomados do Brasil, Washington Olivetto.

No bate-papo, Olivetto fala sobre sua vida Londres e a criatividade inglesa; comenta a crise causada pelo covid-19; a imagem do Brasil mundo afora; aborda sobre os erros e acertos na comunicação durante a pandemia e fala sobre o futuro.

Além disso, você vai relembrar alguns dos maiores clássicos dos comerciais criados por Washington Olivetto.

Confira!

“O negócio da comunicação não vai bem no mundo inteiro por dois pontos de vista: o criativo e o econômico financeiro”.

“Depois da pandemia as agências vão encolher de número de pessoas e de espaço físico”.

“A ideia da globalização neste momento vai um pouco para o brejo, porque gera um protecionismo das raças. As organizações vão demitir mais os estrangeiros”

“As agências precisam ir para um spa por questão de sobrevivência”.

“O Brasil até agora pilotou esplendidamente mal o episódio da pandemia. Se você não resolver a saúde, você não resolve a economia “.

“Tenho visto lives patrocinadas por empresas brasileiras que tentam vender produtos, quando deveriam vender informação”.

“Todas as coisas devem ser pertinentes e passar a ideia de oportunas e jamais oportunistas”.

“As empresas que são líderes e dedicarem sua comunicação para ajudarem a sociedade, vão ficar ainda mais líderes.”

“As pessoas mais elaboradas tem dúvidas sobre tudo. Curiosamente, boa parte desta turma da polarização não tem dúvida de nada. Eles têm certezas constrangedoras”.

#WashingtonOlivetto #Propaganda #Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *