Tráfego em veículos digitais de imprensa cresce 46% na América Latina, segundo a Teads

Teads

A Teads, Plataforma Global de Mídia que reúne mais de 3 mil veículos de mídia em todo o mundo, fez uma pesquisa em seis países da América Latina – Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, México e Peru – nos últimos três meses, quando iniciou-se o surto do novo coronavírus, para entender a preferência das pessoas ao buscar informações no ambiente online.

O relatório intitulado de “Análise de Tendências de Tráfego e Consumo de Conteúdo na América Latina”, teve como base o comportamento dos 251 milhões de usuários latino-americanos que visitam os sites integrados a Plataforma da Teads em todo o mundo. De acordo com a análise, as visitas aos principais portais profissionais de notícia cresceram 46% contando com os mercados da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru. No Brasil, este crescimento foi de 24%.

“Em contextos como o atual, os canais digitais de confiança ganham mais protagonismo do que nunca e é notável como as pessoas se voltam ainda mais a essas fontes. O consumidor está ciente da confusão que a proliferação das ‘fake news’ gerou e busca se informar por veículos editoriais de qualidade com conteúdo verificado, confiável e produzido por profissionais”, ressalta Fabricio Proti, Diretor Executivo da Teads no Brasil.

Tendências em números

A Argentina é o país responsável por ter registrado o maior aumento no tráfego de visitas desde o final de dezembro, 126%, seguida pelo Peru com 80%, Colômbia 60%, México 33% e Brasil 24%. O Chile, por sua vez, tem um aumento de 15%, em comparação com os primeiros dias de janeiro. Quanto aos temas mais procurados, embora haja um aumento acentuado e lógico do interesse por questões de saúde, tópicos relacionados a política, economia, finanças, compras online, viagens, moda e beleza ajudaram a impulsionar o tráfego de visitantes.

No Brasil, o tópico de saúde teve um crescimento de 456% desde o início de fevereiro, sendo que a maior crescente aconteceu após o período de carnaval. O interesse sobre política e negócios também cresceu neste período com uma alta de 358% e 157% respectivamente.

Em detalhes, os conteúdos relacionados a “atualidades” compõem a categoria mais visitada com um crescimento de 186% na Argentina, seguido pela Colômbia com 184% e Peru com 133%. Enquanto no Brasil e no México, as visitas a itens relacionados a bens de consumo e serviços dobraram. Tópicos relacionados a Alimentação tiveram um crescimento de 198% no Brasil e os relacionados a “Filmes” de 94%

“Como era de se esperar, dentro do campo de notícias, ‘saúde’ é a categoria mais consumida, porém, artigos de negócios e política, compras online, moda e beleza, gastronomia e videogames têm registrado grandes aumentos nas visitas, se assemelhando à categoria ‘saúde’ em alguns países”, afirma Jessenia García, diretora de Pesquisa & Insights da Teads América Latina. Somente no Brasil, as visitas a conteúdos sobre Videogames cresceram 155% e sobre Moda e Beleza, 180% e 123% respectivamente. A executiva ainda destaca que “essas descobertas certamente representam uma grande oportunidade para as empresas que querem divulgar suas campanhas em diferentes segmentos, afinal, os consumidores continuam buscando soluções de entretenimento, bem-estar e lazer, mesmo que em casa”.

“Essa análise ajuda as marcas a terem mais informações sobre como otimizar e adaptar seus investimentos publicitários durante esse período, investindo em ambientes seguros e com resultados garantidos”, afirma Eric Tourtel, vice-presidente sênior da Teads América Latina. “Entendemos o valor da informação confiável e sabemos que é uma das melhores maneiras de as marcas alcançarem o público mais engajado e relevante. A Teads foi criada para conectar marcas e editores a fim de fomentar um ecossistema de mídia sustentável”, acrescenta Tourtel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + 13 =