Pega na mentira!

Mentira no marketing

Pega na mentira! Nas últimas semanas, o McDonald’s e o BURGER KING ganharam bastante mídia negativa e espontânea por explorarem em suas campanhas publicitárias atributos inexistentes em seus respectivos produtos. Uma prática de marketing bem questionável, especialmente, quando falamos sobre dois anunciantes tão influentes e tão presentes no cotidiano dos consumidores. Além da mentira publicitária, (…)

ESG além do marketing

ESG Além do Marketing

Com certeza, se você acompanha o noticiário econômico ou mesmo a timeline do LinkedIn, já deve ter percebido que muitas organizações e profissionais passaram a incluir em suas qualificações a sigla ESG – Environmental, Social and Governance. A disciplina é um dos temais mais relevantes da sociedade atual e, no mundo corporativo, alastrou-se rapidamente como (…)

A força do e-mail: tudo que você precisa saber para utilizar um dos recursos com maior ROI do mercado

Jonatas Abbott, a força do e-mail

De antemão, venho dizer algo que talvez seja chocante para muitos: o e-mail não morreu! Pasme, ou não, ainda é preciso reiterar o óbvio. Essa ferramenta, capaz de entregar resultados extremamente significativos aos negócios, conquistou há anos o seu espaço no mundo digital. Como? Renascendo e se reinventando com o passar do tempo! Quem ainda (…)

LGPD, Legal Design e Visual Law

LGPD, por Mônica Villani

Um dos principais desafios para a aplicação prática de uma norma é a garantia da transmissão de informações com objetividade e clareza. É possível observar isso em diversas leis, e com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais) não seria diferente, já que a transparência faz parte de seu rol de princípios e (…)

Aos Jovens Profissionais de Marketing

Caso exista alguma vantagem em ficar velho, certamente, a melhor delas é ter mais consciência das nossas habilidades e das nossas limitações. Isso, sem dúvida, ajuda muito na condução e na resolução dos problemas do cotidiano e, também, na forma como lidamos com os desafios que a carreira profissional nos impõem. Por isso, aos jovens (…)

O que aprendemos com Anna Delvey e Simon Leviev?

O que aprendemos com Anna Delvey e Simon Leviev?

Não fique preocupado! Caso você ainda não conheça a Anna Delvey e o Simon Leviev, ainda está em tempo de explorar essas duas intrigantes personalidades reveladas nas imperdíveis produções da Netflix: Inventando Anna e O Golpista do Tinder. E, obviamente, é preciso alinhar às expectativas. Afinal, nem Anna e nem Simon são os novos gurus (…)

Mais do que comunicar, iniciativas de impacto à Geração Z devem criar diálogos genuínos

Arthur Wong, diretor de marketing da Samsung para a América Latina, sobre estratégias que têm sido adotadas na empresa para detectar tendências da geração Z

Composta por pessoas nascidas entre a segunda metade dos anos 1990 até 2010, a Geração Z tem se tornado cada vez mais importante na definição de novas tendências de consumo. Não à toa, produtos, campanhas e serviços são cada vez mais pensados com foco nesse público, que além de influenciar as pessoas ao redor, sejam (…)

É guerra! Magazine Luiza x Via, por Daniel Aguado

É guerra - Magazine Luiza x Via

O Magazine Luiza e a Via – dona das marcas Casas Bahia e Ponto – estão em guerra na justiça paulista por causa de anúncios no Google e se acusam mutuamente de concorrência desleal, sob a alegação da compra indevida de palavras associadas às respectivas marcas pelo concorrente e vice-versa. Um verdadeiro pardieiro jurídico e (…)

O que esperar de 2022?

O que esperar de 2022?

É hora de começar um novo ciclo e, com ele, o desejo de realizarmos nossos projetos pessoais e profissionais com muita dedicação e sucesso. Um momento de preparação para enfrentarmos novos desafios, especialmente, num contexto ainda de muitas incertezas políticas, econômicas, sociais e os eventuais impactos relacionados às novas variantes da Covid-19. O cenário para (…)

2021: vale uma retrospectiva?

2021: vale uma retrospectiva? artigo de Daniel Aguado

Mais um ano chegando ao fim e, com ele, a certeza de que somos verdadeiros sobreviventes desses tempos tão caóticos. 2021 marcou a chegada das vacinas contra a COVID-19 no Brasil, o negacionismo às regras de prevenção à doença, a desaceleração da nossa economia, o aumento excessivo dos preços, entre tantos outros fatos que, da (…)