ASAS: Entrevista com Paula Trabulsi e Patrícia Weiss. “Narrativas autênticas e verdadeiras conectam”

ASAS: Entrevista com Paula Trabulsi e Patrícia Weiss.

Quando pessoas extremamente criativas e inquietas se unem com o propósito de voar, tenha certeza que algo incrível irá sair dali. A Asas é um Coletivo Internacional de Inteligência Criativa, fundado por Paula Trabulsi, para unir criativos do mundo todo e alçar voos juntos. Atualmente, a ASAS possui 30 profissionais no time, carinhosamente intitulados de Alados.

A proposta tem como objetivo ajudar marcas a construírem conteúdos relevantes para o consumidor. Paula, que dirigiu e produziu o longa Astro, comenta que essa experiência elevou à uma potência internacional e ao trabalho coletivo. “Esse filme inspirou muito o nascimento da Asas que já era um selo de entretenimento e cultura. A Asas foi fundada com uma inquietação: como a gente podia juntar cabeças para criar e nutrir a audiência fazendo conteúdo?” comenta. Ela ainda coloca que o propósito da Asas é “juntar o internacional, o coletivo e fazer conteúdos relevantes que inspirem formas mais humanistas de experimentar a vida.”

Patrícia Weiss, cofundadora, comenta o quanto a visão do consumidor mudou, não se afetando com conteúdos institucionais e de venda, e sim com uma comunicação que gere identificação e seja de verdade. “Hoje o caminho é da narrativa relevante. A marca precisa de história sobre pessoas, criando uma identificação com as pessoas. Baseado na verdade e feito para pessoas reais, trazendo a intensificação que conectam mais a audiência.” Além disso, Patrícia enxerga que “as marcas entenderam que precisam falar a partir do propósito e desenvolver iniciativas que vão fazer diferença nas pessoas, não só em função do consumo.”

Uma novidade do coletivo Asas é a estreia de uma série de vídeos criada para o Instagram, chamada togetHER, que conta histórias de mulheres negras no empreendedorismo. A essência desses depoimentos vem da potência de como essas histórias podem ajudar e encorajar outras mulheres a não desistirem de seus sonhos.

A Asas vem para ajudar marcas que sentem uma inquietação na hora de criar conteúdos relevantes. Ambas veem o projeto como uma forma de poder contribuir para uma cultura regenerativa no mundo. O mote que leva o coletivo ao infinito é a possibilidade de voar. “O mundo é melhor quando a gente voa. E você, tem Asas?”

Confira a entrevista!