O poder de dar voz ao consumidor

O poder de dar voz ao consumidor. Artigo de Flávia da Costa e Silva, diretora de Marketing para a América Latina da Motorola Mobility.

Sendo parte de uma empresa global de tecnologia, além de sempre estar atenta às tendências do mercado, procuro buscar histórias que representem os valores e os conceitos que acreditamos como companhia. E, sendo essa, uma empresa voltada para a inovação, não vejo a tecnologia como um fim; mas como uma ponte que levará essas pessoas às suas conquistas pessoais e coletivas.

Ao criarmos a plataforma global de marca “Power to Empower” em 2021, o nosso principal objetivo foi  escutar as diversas vozes que cruzam o nosso caminho e que personificam nossa missão de empoderar as pessoas por meio da tecnologia. Em especial na América Latina, o lançamento dessa plataforma veio acompanhado de ações que se tornaram a base do que fazemos hoje.

No Brasil, por exemplo, reunimos de maneira inédita coletivos de produtores de conteúdo e música para produzir o filme de lançamento de um novo smartphone no mercado. Essa experiência nos aproximou de pessoas reais, que foram os personagens que aparecem no vídeo da campanha. Os coletivos tiveram muita liberdade para desenvolver esse trabalho desde o início. O resultado foi uma entrega cheia de autenticidade e paixão.

É esse brilho no olhar das pessoas que nos desafiam a ir além da ficha técnica de nossos produtos e serviços para oferecer algo mais aos nossos consumidores. Uma comunicação real, transparente e feita com pessoas de verdade, que com sua diversidade, sentem-se respeitadas, acolhidas e representadas por nossas iniciativas. Buscamos enxergar essas conexões em tudo que fazemos em outros países também.

No Peru, participamos de um campeonato de surfe que nos revelou a história de Manuel Robles, um atleta que ultrapassou barreiras socioeconômicas e usou a tecnologia para aprender mais sobre as ondas e ter um melhor desempenho nas competições. Na Colômbia, apoiamos o trabalho do gestor cultural e produtor audiovisual Edwin Rodríguez, que se dedica a reconstruir e restaurar comunidades afetadas por conflitos internos. O projeto “Mil cores para meu povo” é um grande exemplo do poder que a tecnologia tem de dar visibilidade às boas causas ao redor do mundo.

Na Argentina, há um novo mercado em Buenos Aires chamado Merkat, e a Motorola está identificando e compartilhando as histórias dos empreendedores locais no blog da empresa. Esse conteúdo está à disposição de todos que queiram conhecer melhor essas pessoas, que estão redefinindo seu papel na sociedade e buscam conquistar seus espaços por meio da tecnologia.

Já no México, há uma iniciativa ligada ao fomento do mercado de moda para estimular a produção de conteúdo por meio de uma plataforma que visa identificar perfis em potencial, para oferecermos workshops e desenvolvimento profissional com mentorias específicas com especialistas desse segmento. A moda é outro caminho de empoderamento, pois é fundamental que ela seja cada vez mais inclusiva e acessível a todos os corpos, pessoas e estilos.

Essas são algumas das ações que desenvolvemos recentemente, e que fazem parte da plataforma “Power to Empower”. Há muito ainda pela frente, e temos possibilidades infinitas para amplificar ainda mais nossas campanhas, projetos, patrocínios e lançamentos ao longo do ano. Queremos ser uma vitrine onde todos possam enxergar o impacto positivo da tecnologia na vida das pessoas.

Para isso, convidamos cada cliente e “motolover” a fazer parte deste movimento conosco. Juntos, podemos ser a ponte entre o sonho e a ação que vai torná-lo realidade. Que, dentro e fora da empresa, possamos compartilhar histórias inspiradoras e receber outras tantas que ainda cruzarão o nosso caminho.

*por: Flávia da Costa e Silva, diretora de Marketing para a América Latina da Motorola Mobility.

https://www.linkedin.com/in/flaviadacostaesilva/