5 passos para fazer do marketing um aliado dos resultados

VIVIAN DE MATTUELLA Credito Denison Fagundes

Tentando simplificar a complexidade atual do marketing e com isso ajudar qualquer operação de pequenas e médias empresas, a sócia-diretora da SOLV MKT, Vivian Mattuella, elencou passos para implementar:

  1. Sim, é fundamental estar nas redes sociais

Você precisa estar onde seu público está, seja para se relacionar com ele, saber do que gosta, o que está falando sobre você e, também, entender seu poder de compra. E isso vale para operações B2B, pois são lideradas por pessoas. Hoje, temos mais de 130 milhões de brasileiros nas redes sociais e nenhuma empresa, independentemente do tamanho, deve ignorar esse público. Mas é fundamental entender quais desses canais são mais adequados para o seu negócio e como você deve marcar presença. Um bom guia de marca ajuda sua empresa a criar conteúdos que conectem seu propósito com os perfis de cada rede.

  1. Performance sozinha não funciona

O digital também trouxe a oportunidade de venda direta ao consumidor e, com a estratégia de performance, muitas novas ferramentas e métodos para incentivar vendas. Porém, investir e atuar apenas em ferramentas de performance tende a colocar a empresa como refém de ofertas (reduzindo margem a partir de cupons promocionais) e investimentos constantes em mídia digital. Invista em branding em paralelo. Mais do que incentivar que falem com você, diga porque vale a pena te conhecer. Branding bem feito acelera a conversão, uma vez que a pessoa fica menos sensível a preço e gera desejo.

  1.   Meu time de marketing é enxuto, quem contratar?

Caso você só possa contar apenas com um profissional, sugiro optar por um perfil mais generalista, que conheça um pouco de cada área do marketing, que esteja atualizado sobre as melhores práticas, mas que olhe e aja globalmente sobre suas necessidades. E, de preferência, conheça sobre negócios. Para as demandas específicas, você pode contar com parceiros especialistas, hubs ou, ainda, acionar freelancers de acordo com projetos ou com o momento da empresa.

  1.   Clareza estratégica 

Para que seu time tenha autonomia e te surpreenda com ideias e resultados, é fundamental ter alinhamento estratégico com a empresa. A falta disso sobrecarrega o gestor, pois a ideia fica só na sua cabeça e restringe o time à operação. A única possibilidade de ter um time proativo é com modelo de estratégia compartilhada, o que permite que todos contribuam.

  1.    Marketing não deve ser utilizado para “apagar incêndio”

Dificilmente o empresário fará boas escolhas sobre pressão ou necessidade de resultados imediatos. A tendência é gastar mais do que precisaria e com resultados piores. Além de ser mais demorado convencer um consumidor a falar ou consumir uma marca distante dele, que não era presente. Um trabalho constante, na direção estratégica desejada pela empresa, tende a ser mais efetivo, menos custoso e com melhores resultados.

Por Vivian de Mattuella, sócia-fundadora da consultoria Solv Marketing

(2) Vivian Mattuella | LinkedIn

 

Crédito da foto: Denison Fagundes