L’Occitane en Provence cria mural sensorial na Fundação Dorina Nowill para Cegos

L'Occitane en Provence cria mural sensorial na Fundação Dorina Nowill para Cegos.

Há mais de 40 anos a L’Occitane en Provence cria produtos “sensoriais” e há um sentido que é especialmente importante para a marca, a visão. Desde o braille nas embalagens à venda de produtos solidários, passando pelo apoio a ONGs e à UNICEF, a L’Occitane en Provence, através da Fundação L’OCCITANE, assumiu o compromisso de ajudar os cegos e deficientes visuais a prevenir a cegueira evitável e a oferecer tratamentos oftalmológicos em todo o mundo.

Por este motivo, a L’Occitane en Provence se uniu à Fundação Dorina Nowill para Cegos, que há mais de sete décadas tem se dedicado à inclusão social das pessoas com deficiência visual, num projeto que inclui arte e solidariedade em torno desta causa comum. A marca criou um mural sensorial dentro da Fundação concebido pelas artistas Fernanda Alves Sunega, Vanusa Passos e Danielle Pellizzer e apresenta uma campanha de doação de recursos incluindo seus consumidores com a dinâmica de a cada creme de mãos 30ml, vendido entre os dias 08 e 24/10, nas lojas próprias e e-commerce da marca, R$ 5 serão doados à Fundação Dorina Nowill para Cegos .

O mural criado pelas artistas foi inspirado no novo Le Petit Baume, um bálsamo multiuso que representa muito bem a marca por levar os quatro dos ingredientes icônicos de L’Occitane en Provence em sua formulação: Karité, Lavanda, Amêndoa e Immortelle. “A ideia da arte foi criar um jardim que representasse a natureza e sua diversidade. Natureza por ser onde podemos encontrar os ingredientes do Le Petit Baume, e diversidade pela questão de trazer isso para uma instituição com um propósito tão único. Escolhemos dar ênfase na lavanda por ser uma flor mais conhecida – só de olhar a identificamos e lembramos do seu cheiro, tão afetivo. O amarelo é inspirado na immortelle e a cor vermelha terrosa, mais para o marrom, tivemos como inspiração o karité e as amêndoas”, explicam Fernanda, Vanusa e Danielle.

“Ter uma arte criada exclusivamente para nós, que nos permite tocá-la, sentindo as diferentes texturas das folhas, a diversidade da natureza, representando uma região do mundo, faz muita diferença. Pessoalmente, experienciar a biodiversidade da França através deste mural é ainda mais especial, afinal, foi neste país que o braille foi criado. Sem falar da memória afetiva que L’occitane en Provence me desperta, foi a própria dona Dorina (Nowill) que me falou da marca primeiro, muitos anos atrás, como vinda de um lugar lindo chamado Provence com produtos maravilhosos e que um dia eu iria conhecer”, conta Regina Oliveira, coordenadora de editorial e revisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos e membro do Conselho Mundial e do Conselho Ibero-americano do Braille.

 

Leia outras notícias:

https://marcaspelomundo.com.br/anunciantes/fernanda-souza-estrela-campanha-de-loccitane-au-bresil/

Jüssi anuncia a contratação de novos diretores.

Jüssi anuncia a contratação de novos diretores

A Jüssi anuncia contratação de Francisco Ferraz de Castro e Marco Aurélio Painelli Marsitch como novos diretores. Os executivos, com formação em exatas e experiência em grandes consultorias e corporações, estreiam