MarcasPeloMundo_branco

Schneider Electric economiza R$ 1,2 milhão com circularidade de embalagens importadas

Schneider Electric destaca resultados de iniciativa de reutilização de embalagens importadas em centro de distribuição em Cajamar - SP.

A Schneider Electric destaca, no Dia Mundial do Meio Ambiente, os resultados positivos de sua iniciativa de reutilização de embalagens importadas em seu centro de distribuição localizado em Cajamar – SP. Desde 2017, a companhia vem implementando medidas inovadoras para reduzir o desperdício de materiais e proporcionar práticas sustentáveis no local.

Hoje, milhares de caixas importadas chegam diariamente ao centro de distribuição da Schneider Electric. No entanto, há sete anos, o processo de exportação resultava em um excesso de etiquetas nas embalagens, impossibilitando o seu reuso. Em vista disso, para diminuir o desperdício de papelão, a companhia passou a adotar uma solução que viabiliza o reaproveitamento dessas embalagens no mercado nacional.

Através de uma ferramenta de remoção das etiquetas antigas das embalagens, a Schneider Electric tornou possível preparar o papelão para ser reutilizado no processo de embalagem de novos produtos. Esse procedimento é uma demonstração prática do compromisso da companhia em estimular a circularidade de materiais em seu centro de distribuição, com o objetivo de reduzir sua dependência de recursos finitos e, consequentemente, contribuir para a mitigação dos impactos das mudanças climáticas.

Como resultado, a implementação da iniciativa contribuiu para reduzir as emissões de carbono de Escopo 1 e Escopo 3. A Schneider Electric reaproveitou com êxito as embalagens importadas dentro do mercado brasileiro, o que gerou uma economia de R$ 1,2 milhão em gastos com novas embalagens, além de um impacto ambiental concreto e tangível. Com a reutilização de 174 toneladas de papelão ao longo do período, as emissões associadas à produção e ao transporte de novas caixas foram significativamente reduzidas.

Um dos seis centros de distribuição inteligentes da Schneider Electric em todo o mundo, a unidade de Cajamar obteve em 2020 o certificado de edifício zero CO2. Essa conquista reconheceu o local como um modelo exemplar de sustentabilidade, impulsionado pela gestão digital de energia por meio do Power Monitoring Expert (PME) e pelo fornecimento de energia elétrica proveniente de fontes renováveis certificado pelo International REC Standard (I-REC). Essas práticas exemplificam a redução direta do consumo de combustíveis fósseis e a diminuição da pegada de carbono na aquisição de energia, estando alinhadas com os critérios corporativos do plano SSI/SSE da Schneider Electric e auditadas anualmente pela PwC.

Equipada com tecnologias avançadas e soluções para monitorar e gerenciar em tempo real o consumo de energia elétrica, água, câmeras de segurança, automação de iluminação, persianas e dados operacionais, a unidade de Cajamar conseguiu reduzir em 50% o consumo de recursos naturais. A implementação dessas tecnologias também aumentou significativamente a eficiência na separação de pedidos, triplicando a velocidade de processamento de 30 para 90 linhas por hora. “Esses números são resultado do compromisso da Schneider Electric em reduzir a pegada ambiental da empresa e contribuir para a preservação do planeta”, afirma Eduardo Paiva, vice-presidente de Global Supply Chain da Schneider Electric para a América do Sul. “Essas práticas nos mostram claramente que a sustentabilidade pode andar de mãos dadas com economias financeiras substanciais.”

A Schneider Electric busca constantemente integrar práticas ecológicas em suas operações e promover soluções tecnológicas para um futuro mais sustentável. Ao implementar oportunidades para aumentar a sustentabilidade em todas as áreas de suas atividades, a companhia investe em soluções inovadoras e eficazes que sejam capazes de mitigar o impacto ambiental e impulsionar o crescimento sustentável.

A cadeia de suprimentos global da Schneider Electric lidera diversos compromissos de sustentabilidade da companhia alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). A empresa se comprometeu a cumprir até 2025 as seguintes metas:

– Eliminar o plástico descartável de 100% das embalagens primárias e secundárias, utilizando apenas papelão reciclado;

– Reduzir pela metade as emissões de dióxido de carbono (CO2) dos seus 1.000 principais fornecedores por meio do Projeto Carbono Zero;

– Alcançar 50% de conteúdo de matéria-prima verde em seus produtos;

– Garantir que 100% dos fornecedores ofereçam “trabalho decente” aos funcionários, conforme definido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Leia mais notícias:

https://marcaspelomundo.com.br/anunciantes/schneider-electric-estreia-campanha-estrelada-por-evaristo-costa/

https://marcaspelomundo.com.br/

MChecon reforça equipe de atendimento.

MChecon reforça equipe de atendimento

A MChecon anuncia a contratação de um reforço na equipe de atendimento/comercial. Trata-se de Flávia Simões (ex- Music2 Mynd8). Com passagens pelas agências Leo Burnett Tailor Made, Lew