Circuito Banco do Brasil de Surfe começa em abril, em Garopaba

Começou a regressiva para a estreia do Circuito Banco do Brasil de Surfe, que promoverá três etapas regionais do WSL Qualifying Series.

Começou a contagem regressiva para a estreia do Circuito Banco do Brasil de Surfe, que irá promover três etapas regionais do WSL Qualifying Series no país. A abertura da temporada será nos dias 21 a 24 de abril, na Praia da Ferrugem, em Garopaba, no litoral sul de Santa Catarina, depois segue para Salvador (Praia de Stella Maris – de 12 a 15 de maio) e a grande final será no litoral norte paulista, em Ubatuba (Praia de Itamambuca – de 25 a 28 de agosto). Os eventos acontecerão com o princípio da igualdade na premiação para homens e mulheres.

A WSL, por meio do Circuito Banco do Brasil de Surfe, visa oferecer mais oportunidades para a nova geração do surfe nacional (masculino e feminino) e, também, buscar classificação para o Challenger Series, circuito de acesso para a elite mundial do esporte. Para isso, foram escolhidos locais estratégicos para atingir jovens das regiões Nordeste, Sudeste e Sul do país. “Esperamos que a marca BB chegue em toda comunidade que se identifica com o estilo de vida que o surfe proporciona, além dos atletas que praticam o esporte. Ao patrocinar a WSL, ajudamos a fomentar o surfe como importante modalidade do esporte brasileiro, contribuindo para o surgimento de novos talentos, novos campeões, novos ídolos,” afirma Tadeu Figueiró, gerente executivo da Diretoria de Marketing e Comunicação do BB.

Além do almejado troféu, os campeões dos rankings masculino e feminino do Circuito Banco do Brasil de Surfe ganharão um convite (wildcard) especial para participar da etapa do Challenger Series, Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil, no mês de novembro. Para definir o vencedor e a vencedora, serão computados os resultados das três etapas.

“O litoral brasileiro tem mais de 7 mil km e cerca de 2 mil praias e, em cada um desses locais, certamente há praticantes de surfe. Queremos descobrir novos talentos e incentivar o esporte. E o Circuito Banco do Brasil de Surfe é um caminho para quem sonha um dia em fazer parte da elite mundial. Estamos preparando um grande evento, em cada etapa, com atividades recreativas com a comunidade local, sustentabilidade e qualidade de vida”, explica Ivan Martinho, CEO da WSL Latin America.

Como as etapas acontecerão sempre entre quinta-feira e domingo, várias atividades recreativas e atrações estão programadas para entreter o público que for prestigiar o evento. Aulas de surfe com monitores especializados para diferentes níveis; empréstimo de pranchas com monitoria e até reparos rápidos de pranchas para atletas e moradores locais. Também serão disponibilizados para o público que comparecer nas praias, quadras para a prática de futevôlei, beach tennis e vôlei de praia, além de aulas funcionais e yoga.

Para Renata Cypreste, Head comercial da BB Asset Management: “A WSL vai muito além do surfe. Vimos nesse projeto a preocupação com o desenvolvimento dos atletas no surfe, mas também com o futuro deles e de suas famílias, nesse sentido o planejamento financeiro se faz cada vez mais necessário. Queremos estar juntos para fomentar campeões no surfe e na vida, melhorando a vida das pessoas de forma sustentável.”

Leia mais notícias:

https://marcaspelomundo.com.br/anunciantes/havaianas-e-a-patrocinadora-oficial-da-wsl/

https://marcaspelomundo.com.br/